quinta-feira, junho 30, 2016

Cidade



COCHAT OSÓRIO
capa e ilust. Neves e Sousa

Luanda, 1960
Edição do Rotary Club de Luanda
1.ª edição
23,8 cm x 17,7 cm
80 págs.
profusamente ilustrado
impresso sobre papel de gramagem superior
exemplar muito estimado; miolo limpo
VALORIZADO PELA LONGA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR A ALGUÉM CUJO APELIDO SE ENCONTRA RASURADO
55,00 eur (IVA e portes incluídos)

Interessante livro de poemas de Ernesto Cochat Osório (1917-2002), que Manuel Ferreira (in Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa, vol. II, Instituto de Cultura Portuguesa – Biblioteca Breve, Lisboa, 1977) define como sendo um escritor que «[...] verte em algumas das suas histórias a demorada experiência da sua estadia em Portugal. Mas a ele se fica devendo a primeira tentativa literária de apropriação da linguagem oral popular (a norma do português padrão destruída) concretizada no seu conto “Aiué”, embora se reconheça que preferenciou, sobretudo, o nível fónico. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089