quarta-feira, maio 18, 2016

Oraculo da Bruxa (Buena-Dicha)



[ANÓNIMO]
capa de G. Gameiro

Lisboa, s. d.
Livraria Economica de Frederico Napoleão de Victoria
[1.ª edição]
201 mm x 133 mm
32 págs.
subtítulo: O Passado, o Presente e o Futuro Revelado pelas Mãos
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível, por abrir
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da nota de apresentação:
«N’este pequeno vocabulario de chiromancia encontrará o leitor a maneira de conhecer, pelas linhas da palma da mão, as virtudes ou vicios, os sentimentos bons ou maus do caracter humano. [...]»
E mais adiante, uma rubrica, apenas a título de exemplo:
«[...] POESIA (gosto pela) – Mãos compridas e dedos pontagudos; o monte da Lua desenvolvido e cercado de linhas; a do Sol vê-se distinctamente; o dedo de Apollo maior que o de Jupiter. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

terça-feira, maio 17, 2016

Descoberta


JOÃO JOSÉ COCHOFEL

Coimbra, 1945
Coimbra Editora, L.da
1.ª edição
18,9 cm x 13,4 cm
4 págs. + 112 págs.
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível, parcialmente por abrir
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Será para sempre um enigma, toda esta gente do neo-realismo haver publicado os seus livros numa editora que tinha Salazar como sócio, alguns dos quais proibidos, quando não os autores arrastados para a cadeia... No vertente livro, reúne e redistribui João José Cochofel (1919-1982) a sua obra de juventude, dando-lhe um corpo assim coeso e de melhor entendimento de uma poética que crescia.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


terça-feira, maio 10, 2016

O Correio Fiel do Amor



SEBASTIÃO JOSÉ FERREIRA

Porto, 1853
Typographia de Sebastião José Ferreira & Filho
1.ª edição (ambos)
2 tomos enc. em 1 volume
13,5 cm x 10,3 cm
[2 págs. + 1 folha em extra-texto + 80 págs.] + 80 págs.
subtítulo: [a] [...] ou Conductor de Cartas Amorosas, para Intelligencia dos verdadeiros amantes; [b] ou Nova Coleccção de Cartas a Morosas, tanto em prosa como em verso: offerecidas á mocidade de ambos os sexos
encadernação moderna em seda
aparado, sem capas de brochura
exemplar muito estimado; miolo limpo
assinatura de posse de [César Augusto (?)] Bordalo
65,00 eur (IVA e portes incluídos)

Breves livrinhos com exemplos, «tanto em prosa como em verso», de missivas entre namorados.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


domingo, maio 08, 2016

Os Mitos Àcêrca da Origem das Guerras


VITORINO MAGALHÃES GODINHO

Lisboa, 1945
Cadernos da «Seara Nova»
1.ª edição
19,5 cm x 12,3 cm
60 págs.
exemplar estimado, pequenas falhas na lombada; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Uma passagem do texto do professor Magalhães Godinho (1918-2011):
«[...] a guerra não estala em geral por estados de cólera colectiva: há assembléias – só de chefes ou de tôda a aristocracia – que discutem, deliberam, resolvem, e muita vez criam depois, had hoc, o tal estado de cólera colectiva. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


A Estrutura na Antiga Sociedade Portuguesa



VITORINO MAGALHÃES GODINHO
grafismo de Mendes de Oliveira

Lisboa, 1971
Editora Arcádia, S.A.R.L.
1.ª edição
18,2 cm x 10,7 cm
248 págs.
exemplar muito estimado, sem qualquer quebra na lombada; miolo irrepreensível
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

sexta-feira, maio 06, 2016

Avó Não Pise o Cocó


ALFACE
capa e ilust. Pedro Proença
grafismo de João Bicker

Lisboa, 2000
Fenda Edições, Lda.
1.ª edição
18,4 cm x 12 cm
72 págs.
ilustrado
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

Excerto usado pelo editor na contracapa:
«O quarto de brinquedos fora transformado em ringue de artes marciais e era lá que a velhota aplicava grandes enxertos aos netos.»
A literatura tem por vezes destes momentos refrescantes, de salutar humor assumidamente cínico, que rebenta como um estoiro de Carnaval nas avenidas principais dos escritores-a-prémio, aliás: escritores-a-sério. De seu nome João Alfacinha da Silva (1949-2007), foi jornalista de rádio e colaborador da imprensa escrita e da televisiva – mas, no meio de tão alta gente, preferia anãs. A arte do conto e do romance também praticou, quer a solo, quer a quatro mãos com o escritor Manuel da Silva Ramos. O vertente livro insere-se na série Família Sem Mestre.
Quanto ao capista e ilustrador, Pedro Proença, a sua produção pictórica tem-se espalhado por gabinetes ministeriais, estações de metropolitano, galerias de arte, museus, etc. Ninguém melhor do que ele, com o seu estilo abonecado e truculento, teria podido satisfazer as exigências da escrita de Alface.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


segunda-feira, maio 02, 2016

Acerca de Florbela


RUI GUEDES
capa de Fernando Felgueiras

Lisboa, 1986
Publicações Dom Quixote
1.ª edição
22,5 cm x 15 cm
240 págs.
subtítulo: Biografia. Bibliografia. Apêndices. Discografia. Índice Remissivo Geral
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
tiragem verificada pela SPA com o n.º 1.164
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Tal como o subtítulo indica, trata-se de uma obra de recorrência no estudo da poetisa. Como ninguém se abalançou a outra que lhe fizesse sombra ou viesse desdizê-la, continua a ser incontornável para quem pretenda ir saber do lugar, do tempo e da circunstância em que surgiu a voz literária de Florbela.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

O Sr. Alferes



AUGUSTO XAVIER DE MELLO
pref. Gervásio Lobato

Lisboa, 1893
Typographia da Papelaria Aurea
1.ª edição
18,8 cm x 13,8 cm
XVI págs. + 404 págs.
subtítulo: Costumes Alemtejanos
encadernação de amador inteira em tela encerada com gravação a ouro na lombada
pouco aparado, sem capas de brochura
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Augusto Xavier de Melo (1853-1933), primo e protegido do notável actor Vale (José António do Vale), foi actor-ensaiador, tendo iniciado a sua carreira artística no Teatro do Ginásio. O vertente livro evoca a sua vivência no Alentejo, onde viveu em jovem, apesar de ter nascido em Lisboa. (Fonte: Sousa Bastos, Carteira do Artista, Bertrand – José Bastos, 1898)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


domingo, maio 01, 2016

Marco Polo


A. VIEIRA D’AREIA
capa de José Vilhena
ilust. Percy Sykes

Lisboa,
Livrolândia, Lda.
2.ª edição
19,2 cm x 12,5 cm
144 págs. + 6 folhas em extra-texto
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Agostinho Remédios de Bettencourt Vieira de Areia (seg. Biblioteca Municipal de Santarém) ficou, sobretudo, conhecido pelas muitas adaptações de romances para português, a partir das versões originais em brasileiro, trabalho esse que pululou no catálogo da editora Livros do Brasil. O mais interessante na vertente publicação original advém do facto de a capa haver sido desenhada pelo atrevido caricaturista José Vilhena.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


China de Ontem China de Sempre


L. ESTEVES FERNANDES

Lisboa, 1948
Empresa Nacional de Publicidade
1.ª edição
19,3 cm x 13 cm
194 págs. + 11 folhas em extra-texto
exemplar manuseado mas aceitável, um pouco manchado na lombada; miolo limpo
discreta assinatura de posse no canto superior direito da folha de ante-rosto
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Apontamentos históricos contemporâneos – o período em que a II Guerra Mundial alastrou ao Oriente – e de observador local assinados por um diplomata que foi nosso representante quer em Pequim, quer no Japão. Precisamente a rivalidade agressiva entre esses dois povos lhe serve de mote para nos falar de uma China por si admirada em vários aspectos – a China que, antes de ser governada por Chiang Kai Shek, já era uma civilização inspiradora da cultura portuguesa, como é o caso da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089