sábado, dezembro 24, 2016

O Pagador de Promessas


ALFREDO DIAS GOMES

Lisboa, 1963
Publicações Europa-América
1.ª edição (portuguesa)
17,9 cm x 11,4 cm
124 págs.
n.º 61 da colecção Os Livros das Três Abelhas
exemplar como novo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Segundo o texto editorial na contracapa:
«[...] Obra da mais comovente e sincera humanidade, é o próprio destino do povo brasileiro simples e bom, honesto e tenaz até à teimosia, que Alfredo Dias Gomes [1922-1999] nela evoca. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Tempo de Cinema


ARMINDO BLANCO
capa de Lima de Freitas
ilust. Vítor Silva

Lisboa, 1956
Edições Cosmos
1.ª edição
19,5 cm x 14 cm
320 págs. + 26 págs. em extra-texto
exemplar estimado; miolo limpo
assinatura de posse no frontispício
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do prefácio do jornalista Armindo Blanco:
«Até que ponto podem coexistir o cinema-arte e o cinema-indústria? Em sessenta anos de latente hostilidade mútua, o segundo quase tem anulado o primeiro, como consequência directa do gigantesco crescimento dos sistemas de produção, distribuição e exibição. [...]
Está a esboçar-se em Portugal, de há uns anos a esta parte (demonstram-no os quinze cine-clubes já existentes e o interesse cada vez maior que a sua actividade desperta) um movimento tendente a definir os verdadeiros valores da cultura cinematográfica. De certo modo, o presente livro é uma consequência directa desse movimento. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


sexta-feira, dezembro 23, 2016

O Espectro



[ANTÓNIO RODRIGUES SAMPAIO]

s.l., 16 de Dezembro de 1846 a 3 de Julho de 1847
1.ª edição [de circulação clandestina e grátis]
63 jornais + «O Estado da Questão» (sob a forma de intróito ao volume) + 2 suplementos ao n.º 22 + 1 suplemento ao n.º 25 + 1 suplemento ao n.º 31* + 1 suplemento ao n.º 41 + 1 suplemento ao n.º 42 + 1 suplemento ao n.º 44 + 1 suplemento ao n.º 49 + 1 suplemento ao n.º 54 (enc. em 1 vol.) (colecção completa)
26,1 cm x 20,5 cm
276 págs. + 4 págs.
encadernação coeva com lombada em pele gravada a ouro
aparado
exemplar estimado, com a segunda folha-de-guarda rasgada, pastas gastas sobretudo a das costas; miolo limpo
ostenta colado no verso da pasta anterior o ex-libris de Ad. Loureiro, assim como o carimbo do mesmo no canto superior direito do primeiro fascículo
190,00 eur (IVA e portes incluídos)

Rocha Martins considera Rodrigues Sampaio o «maior temperamento de jornalista da sua época». Este seu jornal de combate político – que somente nesta «nova edição» lhe está atribuído – foi publicado clandestinamente e, uma vez mais, diz Rocha Martins: «Era terrível o panfleto, em cujas páginas o jornalista verberava, na mais aspérrima linguagem, os agravos do poder» (vd. Pequena História da Imprensa Portuguesa, Lisboa, Editorial “Inquérito”, 1941). É, por exemplo, de grande interesse histórico para a compreensão do golpe militar do marechal Saldanha em 1846.

* Embora o respectivo cabeçalho indique «2.º supplemento ao numero 31 do Espectro», nenhum outro foi publicado.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


O Espectro


ANTONIO RODRIGUES SAMPAIO

Lisboa, 1880-1881 [16 de Dezembro de 1846 a 3 de Julho de 1847]
Bibliotheca Politico-Litteraria, Editora [Typographia do «Diario da Manhã»]
«nova edição conforme a edição original» [2.ª edição]
63 jornais + «O Estado da Questão» (sob a forma de intróito ao volume) + 2 suplementos ao n.º 22 + 1 suplemento ao n.º 25 + 1 suplemento ao n.º 31 + 1 suplemento ao n.º 41 + 1 suplemento ao n.º 42 + 1 suplemento ao n.º 44 + 1 suplemento ao n.º 49 + 1 suplemento ao n.º 54 (enc. em 1 vol.) (colecção completa)
30,5 cm x 21 cm
282 págs.
sóbria encadernação de amador inteira em tela com rótulo espelhado
por aparar
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
110,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


quarta-feira, dezembro 14, 2016

Tristessa


JACK KEROUAC

Nova Iorque, 1960
Avon Book Division – The Hearst Corporation
1.ª edição
texto em inglês
16,2 cm x 10,6 cm
128 págs.
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
peça de colecção
80,00 eur (IVA e portes incluídos)

Jack Kerouac (1922-1969), que fez nome literário à custa do livro panorâmico On the Road (Pela Estrada Fora), foi, juntamente com Allen Ginsberg, William Burroughs, Lawrence Ferlinghetti, Gregory Corso e muitos outros, figura-de-proa daquilo que melhor se designa por “beat generation”. Geração de escritores, artistas plásticos e músicos do pós-Segunda Guerra Mundial norte-americanos, que preparou o terreno revolucionário das mudanças de mentalidade e de relação com o poder, violentamente expressas pela juventude em Maio de 1968. Mas Kerouac inscreveu, na moderna literatura norte-america, algo mais que o sofrimento das drogas e do álcool: deu provas também, por exemplo neste Tristessa, de uma veia romântica que, para além da morfina, se deixa absorver na paixão amorosa, e que ele exprimiu de forma literária inconfundível.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


quinta-feira, dezembro 08, 2016

A Ilha de S. Thomé e a Roça Agua Izé


CONDE DE SOUSA E FARO

Lisboa, 1908
Typ. do Annuario Commercial
1.ª edição
25 cm x 18 cm
XVI págs. + 196 págs.
profusamente ilustrado
impresso sobre couché, capa a ouro e relevo seco sobre cartolina
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
PEÇA DE COLECÇÃO
150,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


As Ilhas de S. Tomé e Príncipe Desconhecidas



A. [ALFREDO] LOUREIRO DA FONSECA

Lisboa, 1918
ed. Henrique J. Monteiro de Mendonça
1.ª edição
33 cm x 22 cm
16 págs. + 9 folhas duplas em extra-texto
subtítulo: Conferência realizada na noite de 16 de Março de 1918, no «Centro Colonial»
ilustrado a cor
exemplar estimado; miolo limpo
75,00 eur (IVA e portes incluídos)

Importante estudo estatístico comparativo entre as diversas colónias portuguesas, quer do ponto de vista geográfico, quer populacional, quer no respeitante à administração dos recursos locais.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


A Ilha de S. Thomé e a Agricultura Progressiva



J. E. CARVALHO D’ALMEIDA

Lisboa, 1912
Edição do Auctor / Pap. e Typ. M. Corrêa dos Santos
1.ª edição
17,2 cm x 12,3 cm
244 págs. + 20 folhas em extra-texto
ilustrado em separado
elegante encadernação em meia-francesa com gravação a ouro na lombada e motivos de florália em relevo seco no remate da pele em ambas as pastas
aparado, carminado à cabeça
conserva as capas de brochura
exemplar muito estimado; miolo limpo
60,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


As Ilhas de S. Thomé e Principe



VICENTE PINHEIRO LOBO MACHADO DE MELLO E ALMADA

Lisboa, 1884
Typographia da Academia Real das Sciencias
1.ª edição
21,8 cm x 14,7 cm
XX págs. + 540 págs. + 1 desdobrável em extra-texto
subtítulo: Notas de uma Administração Colonial
encadernação antiga com restauro recente na lombada, cantos frágeis, rótulo gravado a ouro na lombada
muito pouco aparado, sem capas de brochura
exemplar estimado; miolo limpo, restauro tosco no frontispício
carimbos de posse nas págs. 1, 3 e 5
140,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se do segundo visconde de Pindela, diplomata, par do reino, deputado e ainda governador de São Tomé e Príncipe entre 1880 e 1881, de cuja experiência deixou o vertente estudo.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Mário Cesariny [catálogo]



RAÚL LEAL
NATÁLIA CORREIA
LIMA DE FREITAS

Lisboa, 1977
Direcção-Geral da Acção Cultural – Secretaria de Estado da Cultura
1.ª edição [única]
22,6 cm x 22,7 cm
214 págs.
profusamente ilustrado a negro e a cor
encadernação editorial em tela com sobrecapa impressa
exemplar como novo
VALORIZADO PELO AUTÓGRAFO DE MÁRIO CESARINY DE VASCONCELOS
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

É a primeira monografia de vulto que o país dedicou ao pintor surrealista Mário Cesariny, obra editada por um órgão oficial do Estado, então secretariado por David Mourão-Ferreira.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Cozinha e Doçaria do Ultramar Português


M. A. M. [MARIA ANDELINA MONTEIRO GRILO*], coord.

Lisboa, 1969
Agência-Geral do Ultramar
[1.ª edição]
22,2 cm x 12,5 cm
92 págs.
profusamente ilustrado
impresso a cor
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Compilação de grande variedade de receitas oriundas de todas as regiões do imprério colonial português.

* Segundo Adriano da Guerra Andrade, Dicionário de Pseudónimos e Iniciais de Escritores Portugueses, Ministério da Cultura – Biblioteca Nacional, Lisboa, 1999.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


quarta-feira, dezembro 07, 2016

100 Maneiras de Fazer Môlhos para Acompanhar Diversos Pratos e 100 Receitas de Almoços e Jantares Vegetarianos


BRANCA DE MIRAFLOR

Lisboa, s.d.
Livraria Barateira
s.i.
19,8 cm x 13,6 cm
32 págs.
acabamento com um ponto em arame
exemplar muito estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


100 Maneiras de Cozinhar Bacalhau


ROSA MARIA

Lisboa, s.d.
Empresa Literária Universal
s.i.
19 cm x 13,2 cm
32 págs.
exemplar manuseado mas aceitável, pequeno restauro na capa; miolo um pouco manchado nas primeiras cinco folhas
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se de um clássico da cozinha nacional, em que não falta uma pitada de humor politizado. A receita de bacalhau com que fecha o livrinho é um mimo inverosímil, que dá pelo nome de «bacalhau à Salazar»:
«Deita-se em água fervente o bacalhau demolhado, junta-se-lhe batatas descascadas e, quando tudo estiver cozido, coa-se a água, tempera-se de vinagre, alho e pimenta, servindo-se em seguida.
Este bacalhau, atendendo à sua forma económica, não leva azeite porque se ele for magro não o merece, e se for gordo não precisa dele.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Doze Meses de Cozinha


MARIA DE LOURDES MODESTO
Virgílio Dantas (consultor técnico para os produtos vínicos)
grafismo de Edmundo Muge

Lisboa, 1975
Selecções do Reader’s Digest (Portugal), S.A.R.L.
1.ª edição
22,8 cm x 26,1 cm (oblongo)
440 págs.
profusamente ilustrado a cor
cartonagem editorial
exemplar como novo
60,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Cozinha Tradicional Portuguesa



MARIA DE LOURDES MODESTO
textos introd. António Manuel Couto Viana
fotog. Augusto Cabrita / Homem Cardoso
grafismo de Sebastião Rodrigues

Lisboa / São Paulo, Janeiro de 1982
Editorial Verbo
1.ª edição
29,9 cm x 23 cm (álbum)
336 págs.
cartonagem editorial com folhas-de-guarda impressas, lombada em pano cru impresso a vermelho
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo limpo
80,00 eur (IVA e portes incluídos)

Absoluto best-seller dos livros de cozinha portugueses, a vertente obra constitui o mais detalhado levantamento da diversidade culinária de um país, simultaneamente antropológico e prático, cuja utilidade ainda hoje não encontrou par.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Arte das Boas Maneiras


BERTHE BERNAGE
trad. Inês Machado

Lisboa, s.d. [1956, seg. BNP]
Portugália Editora
1.ª edição
19,5 cm x 12,6 cm
272 págs.
subtítulo: Moderno Manual da Boa Educação e Civilidade
exemplar muito estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


sábado, dezembro 03, 2016

Itinerario da Terra Sancta e Suas Particularidades


PANTALEÃO DE AVEIRO, frei
pref. António Baião

Coimbra, 1927
Imprensa da Universidade
7.ª edição
21,3 cm x 13,4 cm
XX págs. + 560 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo, por abrir
55,00 eur (IVA e portes incluídos)

Frei Pantaleão de Aveiro «[...] Vestiu o habito franciscano, e desejando vêr a Terra Santa, sahiu de Portugal em peregrinação em 1563, e depois de haver chegado até Jerusalem, permaneceu n’esta cidade durante tres anos, findos os quaes regressou á patria. Escreveu o Itinerario da Terra Santa, em que descreve minuciosamente a sua peregrinação. No prologo conta como, estando em Roma, fôra convidado pelo padre Bonifacio de Aragusa, guardião de Monte Sion, para ir com elle ás provincias de Italia em demanda de religiosos que substituissem os que tinham ido fazer o seu triennio á Terra Santa. Os dois religiosos sahiram de Roma, e tendo conseguido reunir uns 60 frades para a missão, dirigiram-se a Trento, onde então se celebrava o concilio. O Itinerario começa em Veneza, descreve todos os pontos em que fez estação, contando minuciosamente o que viu em Jerusalem e em todos os logares onde se desenvolveram os principaes dramas da paixão de Christo. Á volta da Palestina, Fr. Pantaleão e seus companheiros tomaram o porto de Napoles, fazendo depois o resto da viagem por terra, indo mais tarde a Veneza buscar as bagagens e as reliquias que traziam. [...]» (Fonte: Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues, Portugal – Diccionario Historico, Chorographico, Heraldico, Biographico, Bibliographico, Numismatico e Artistico, vol. I, João Romano Torres – Editor, Lisboa, 1904)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Aspectos da Presença Árabe no «Itinerário da Terra Santa» de fr. Pantaleão de Aveiro


MANUEL AUGUSTO RODRIGUES

Leiden [Holanda], 1971
E. J. Brill [aliás, Imprensa de Coimbra, Lda.]
1.ª edição (separata das Actas do IV Congresso de Estudos Árabes e Islâmicos)
25,5 cm x 19 cm
50 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo
valorizado pela dedicatória manuscrita do Autor ao general Câmara Pina
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Estudo temático, estendendo-se pelos lugares e costumes sobre os quais o frade Pantaleão de Aveiro discorreu nas suas memórias de viagem pela Terra Santa no século XVI.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


terça-feira, novembro 29, 2016

Manuel du Libraire et de l’Amateur de Livres



JACQ.[UES]-CH.[ARLES] BRUNET, filho

Paris, 1814
Chez Brunet, Libraire
2.ª edição
4 tomos (completo)
20,1 cm x 13,5 cm
[4 págs. + XII págs. + 532 págs.] + [4 págs. + 512 págs.] + [4 págs. + 506 págs.] + [XII págs. + 428 págs. + 84 págs.]
luxuosa e uniforme encadernação recente em meia-francesa com cantos em pele e ferros a ouro na lombada, nova, pouco aparado
[sem capas de brochura ?]
exemplares em bom estado de conservação; miolo muito limpo
600,00 eur (IVA e portes incluídos)

Dicionário bibliográfico de referência, da autoria do conhecido livreiro francês que viveu entre 1780 e 1867.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Comemoração do 25.º Aniversário da Morte de Fernando Pessoa


Lisboa, Dezembro de 1960
S. N. I. – Palácio Foz
1.ª edição [única]
23,5 cm x 16,7 cm
4 págs. + 2 folhas (encartes)
impresso sobre papel superior avergoado creme
acabamento com um ponto em arame
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
peça de colecção
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se do programa da referida comemoração, constituída por exposição alusiva à vida e à obra do poeta, assim como duas conferências, a representação dramática de poemas do mesmo e leitura avulsa de versos acompanhados à guitarra.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Fernando Pessoa – Uma Fotobiografia



MARIA JOSÉ DE LANCASTRE
grafismo de Ta Bonjo Antukkj e Armando Alves

Lisboa, 1981
Imprensa Nacional – Casa da Moeda
Centro de Estudos Pessoanos
1.ª edição
28,2 cm x 19,2 cm
VIII págs. + 328 págs.
profusamente ilustrado
brochura com capa e sobrecapa impressas
exemplar em muito bom estado de conservação, sem qualquer quebra na lombada; miolo irrepreensível
55,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trabalho de referência, ilucidativo de um percurso de vida, de um percurso de criação literária, das fontes de informação, etc., daquele que foi o mentor poético do século XX.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

A Botica do Azevedo (1775-1948)


MANUEL EMYGDIO DA SILVA
capa de Raul Lino
desenhos de Júlio Neuparth

Lisboa, s.d. [1948 ?]
Sociedade Industrial Farmacêutica
1.ª edição
24,8 cm x 19 cm
136 págs. + 6 folhas em extra-texto + 1 desdobrável em extra-texto
exemplar estimado, contracapa empoeirada; miolo limpo
valorizado pela dedicatória manuscrita do Autor
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

História das farmácias do Rossio e de São Roque, e da Sociedade Industrial Farmacêutica. É também, e principalmente, a crónica dos lugares que ocupavam na cidade de Lisboa e das várias épocas passadas. Basta referir que o Rossio foi sempre um ponto de encontro de conspiradores e revolucionários, aqui referidos, para se ter uma ideia da importância do vertente livro. Por seu turno, farmácias, barbeiros e carvoarias sempre fizeram parte da mais antiga tradição de convívio social.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Poesias Patrioticas e Outras Ineditas


A. [ALBINO] A. [ANTÓNIO] D’ANDRADE E ALMEIDA
pref. Thomaz Ribeiro

Lisboa, 1899
Typographia Mattos Moreira & Pinheiro
1.ª edição
21 cm x 13,3 cm
272 págs.
exemplar estimado, restauro na lombada; miolo limpo
22,00 eur (IVA e portes incluídos)

Albino António de Andrade e Almeida foi «[...] segundo oficial do antigo Ministério das Obras Públicas e por muitos anos secretário da patriótica Comissão Primeiro de Dezembro de 1640, onde prestou bons serviços com dedicação e desinterêsse. Fundou uma folha para defender os interêsses dessa comissão e da pátria, e publicou um livro de versos com introdução do ilustre poeta Tomás Ribeiro, de quem fôra intimo. Alêm disso colaborou em prosa e em verso em diferentes periódicos literários e políticos.
Era casado com uma filha dilecta da poetisa D. Antónia Gertrudes Pusich.» (Fonte: Inocêncio Francisco da Silva / Brito Aranha, Dicionário Bibliográfico Português, tomo XXII, Imprensa Nacional, Lisboa, 1923)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


domingo, novembro 27, 2016

Sob a Cinza do Tédio


FIDELINO DE FIGUEIREDO

Coimbra, 1944
Editorial Nobel
4.ª edição
19,6 cm x 13,2 cm
240 págs. + 1 folha em extra-texto
subtítulo: Romance de uma consciência
exemplar muito estimado; miolo limpo
assinatura de posse no ante-rosto
22,00 eur (IVA e portes incluídos)

O vertente volume inclui ainda a reedição dos livros autónomos Revoada Romântica e Uma Viagem à Fobolândia.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Critica do Exilio



FIDELINO DE FIGUEIREDO

Lisboa, 1930
Livraria Classica Editora
1.ª edição
19 cm x 12,5 cm
272 págs. + 1 folha em extra-texto
subtítulo: Summario: Eça de Queiroz inédito – Parenthesis anti-geographico – Garcia de Rezende – Sciencia e espionagem – Donjuanismo e anti-donjuanismo em Portugal
exemplar estimado; miolo limpo
22,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Portugal nas Guerras Europêas


FIDELINO DE FIGUEIREDO

Lisboa, 1914
Livraria Classica Editora de A. M. Teixeira
1.ª edição
21,9 cm x 14,9 cm
90 págs.
subtítulo: Subsidios para a comprehensão dum problema de politica contemporanea
encadernação modesta de amador em tela de fantasia, sóbria gravação a ouro na lombada
pouco aparado, sem capas de brochura
exemplar estimado; miolo limpo
carimbo de posse no frontispício
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

Fidelino passa em revista os motivos diplomáticos ou políticos da presença bélica de Portugal, após a Restauração, em conflitos alguns nem directamente relacionados com a integridade das fronteiras do nosso território. E conclui, num brilhante resumo das causas múltiplas na origem da Primeira Guerra Mundial, qual o papel que aí nos caberia, como país obrigado a tomar posição aliada de potências empenhadas em conter a arrogância imperial germânica.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


No País dos Homens-Leões


ATTILIO GATTI
trad. António Costa e Almeida

Porto, 1941
Livraria Tavares Martins
2.ª edição
19,6 cm x 13,8 cm
328 págs. + 8 págs. em extra-texto
subtítulo: Nove Anos Entre os Zulus, Bantos, Pigmeus, etc.
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
assinatura de posse no frontispício
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Entre os Pescadores de Pérolas


FRED BLANCHOD
trad. Vasco Rodrigues

Porto, 1942
Livraria Tavares Martins
1.ª edição
19,5 cm x 13,6 cm
276 págs. + 3 folhas em extra-texto
subtítulo: Arábia – Zanzibar – Ceilão
ilustrado em separado
exemplar manuseado mas aceitável; miolo limpo, papel acidulado
assinatura de posse no canto superior esquerdo do ante-rosto
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Sôbre o Saará Ardente


WILLIAM B. SEABROOK
trad. Campos Monteiro

Porto, 1945
Livraria Tavares Martins
2.ª edição
19,5 cm x 13,8 cm
296 págs. + 8 págs. em extra-texto
subtítulo: Viagem aérea através do deserto
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
assinatura de posse no ante-rosto
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Homens Brancos nos Trópicos


ERLING BACHE
tradução de António Brochado

Porto, 1944
Livraria Tavares Martins
[1.ª edição]
19,5 cm x 13,9 cm
272 págs. + 4 folhas em extra-texto
subtítulo: O Extremo-Oriente em Foco
colecção “Por Terras de Maravilha” dirigida por Campos Monteiro
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
ostenta na pág. 3 o carimbo «Homenagem da Casa Editora»
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Lê-se como um livro de aventuras esta crónica de viagem pelo Bali, Bangkok, Cantão, Manila, Bombaim, Calcutá, Xangai, Hong-Kong, etc. Redigido antes da II Guerra Mundial por um jornalista, que é dinamarquês, e que uma ausência de quinze anos por essas terras distantes lhe deu a visão do que aí vinha.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Alfaia Agrícola Portuguesa


ERNESTO VEIGA DE OLIVEIRA
FERNANDO GALHANO
BENJAMIM PEREIRA

Lisboa, 1983
INIC – Instituto Nacional de Investigação Científica / Centro de Estudos de Etnologia
2.ª edição
24 cm x 17,5 cm
408 págs. + 156 págs. em extra-texto (reprod. fotog.) + 4 desdobráveis em extra-texto
impresso sobre papel superior
capa em cartolina não impressa com sobrecapa polícroma
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
85,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do prefácio:
«[...] Em todo este livro está presente Jorge Dias. A sua obra sobre os Arados Portugueses – de que aqui damos a súmula – inaugurou não só os estudos da alfaia agrícola portuguesa, mas também, com a monografia de Vilarinho da Furna, a sua carreira de etnólogo [...].»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


sábado, novembro 26, 2016

Guevara – Antologia


ERNESTO «CHE» GUEVARA
org., trad. e pref. Adriano de Carvalho e João Bernardo

s.l. [Porto], 1967
Novo Rumo
1.ª edição
20,9 cm x 13,5 cm
136 págs. + 8 págs. em extra-texto
ilustrado
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DE ADRIANO DE CARVALHO
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Conjunto de importantes escritos do Comandante, reunidos no imediato após o seu assassinato na Bolívia, em Outubro de 1967, a que os antologiadores juntaram na contracapa um poema, em sua homenagem, de Nicolás Guillén.
Acerca do jornalista Adriano de Carvalho (1937-2000), escreveu o poeta Carlos Loures (Estrolábio, pág. electrónica, 10 de Julho, 2010): «[...] Quando a maioria dos jornalistas se exprime num português que deve mais às telenovelas do que à leitura de clássicos, o Adriano merecia e deveria ter ocupado um lugar entre os melhores da sua profissão. [...]» Deve assinalar-se ainda a constante coragem política de Adriano de Carvalho, quer antes quer depois do dia 25 Abril, o que fez dele um dos “populares” promotores do assalto à PIDE e ali mesmo alvejado, a poucas horas da capitulação do quartel da Rua António Maria Cardoso.
João Bernardo (nasc. 1946) é hoje um conceituado pensador nos meios do comunismo radical. Fundador do jornal Combate, é com o livro Para uma Teoria do Modo de Produção Comunista que se torna uma referência teórica para o comunismo conselhista português contemporâneo. No conjunto, toda a sua obra de reflexão insere-se na crítica ao processo de transnacionalização do capital e aos gestores desse capital, entendidos como classe.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


quinta-feira, novembro 24, 2016

Inéditos


ANTÓNIO ALEIXO
org. e pref. Ezequiel Ferreira

Loulé, 1978
Edição de Vitalino Martins Aleixo
1.ª edição
20,1 cm x 13,2 cm
256 págs.
exemplar como novo
27,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Auto do Curandeiro


ANTÓNIO ALEIXO
pref. Fernando Laginha

Faro, 1950
Tip. de “O Algarve”
[1.ª edição]
21,3 cm x 14,4 cm
26 págs.
exemplar estimado, sinais de foxing na capa; miolo irrepreensível
60,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


segunda-feira, novembro 21, 2016

Manual de Civilidade e Etiqueta


BEATRIZ NAZARETH

Lisboa, 1903
Editor – Arnaldo Bordalo
7.ª edição
19 cm x 13,6 cm
260 págs.
subtítulo: Regras indispensaveis para se frequentar a boa sociedade
encadernação editorial (ass. Alfredo David, enc.) em tela encerada com gravação a ouro na pasta anterior e relevo seco na pasta posterior
exemplar estimado; miolo limpo
22,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


domingo, novembro 13, 2016

O Alcool e o Tabaco


AMADEU DE FREITAS

Lisboa, s.d. [circa 1900]
Livraria Editora Guimarães, Libanio & C.ª
[1.ª edição]
17,2 cm x 8,1 cm
80 págs.
é o n.º V da Collecção do Povo – Scientifica, Artistica, Industrial e Agricola
cartonagem editorial
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

O Tabaco à Luz da Medicina Moderna


DANIEL H. KRESS

Lisboa, s.d.
Sociedade Filantropica Adventista
s.i.
19,6 cm x 14 cm
100 págs.
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Viriato


ADOLF SCHULTEN
trad. de Alfredo Ataíde
pref. Mendes Corrêa


Porto, 1927
Edição da «Renascença Portuguesa»
1.ª edição
19,3 cm x 12,4 cm
96 págs. + 1 desdobrável (mapa do Teatro das Guerras de Viriato)
exemplar estimado; miolo limpo
22,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do Prefácio:
«[...] o trabalho do Prof. Schulten impõe-se, em relação ao maior número dos que têm tido por têma tão gloriosa personagem, pela preparação verdadeiramente excepcional do seu autor para uma indagação crítica nos textos antigos relativos ao herói lusitano.
[...] O horizonte, que se lhe depara, é vastíssimo, graças a essas faculdades e até ao desassombro com que se propõe, na sua própria expressão, “traduzir” a lenda em linguagem histórica. [...]»
Acerca do autor: arqueólogo, historiador e filólogo, realizou escavações arqueológicas em Espanha, em Itália e no Norte de África, e embora a sua verdadeira obsessão fosse encontrar os vestígios da cidade grega de Tartessos, nunca conseguiu realizar esse sonho; empenhou-se em escavações no actual Parque Nacional Dona Ana, na foz do rio Guadalquivir, onde encontrou um povoado romano no Cerro del Trigo, convencido de tratar-se dos restos dessa cidade mítica.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

O Príncipe do Mar


ADOLFO SIMÕES MÜLLER
capa e ilust. Manuel Lapa

Porto, 1959
Livraria Tavares Martins
1.ª edição
16,6 cm x 12,6 cm
272 págs. + 1 dupla folha em extra-texto (ilust. cor)
subtítulo: A Vida do Infante D. Henrique e o Descobrimento do Mundo
profusamente ilustrado
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível, por abrir
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


A Pedra Mágica e a Princesinha Doente


ADOLFO SIMÕES MÜLLER
ilust. Fernando Bento

Porto, 1962
Livraria Tavares Martins
4.ª edição
16,6 cm x 12,5 cm
200 págs. + 2 folhas em extra-texto
subtítulo: Pequena história de Madame Curie e da sua descoberta
ilustrado a negro no corpo do texto e a cor em separado
exemplar estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


O Grande Almirante das Estrelas do Sul


ADOLFO SIMÕES MÜLLER
ilust. Fernando Bento

Porto, 1962
Livraria Tavares Martins
4.ª edição
16,6 cm x 12,5 cm
224 págs. + 2 folhas em extra-texto
subtítulo: Pequena história de Gago Coutinho e da 1.ª viagem aérea ao Brasil
ilustrado a negro no corpo do texto e a cor em separado
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível, por abrir
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Através do Continente Misterioso


ADOLFO SIMÕES MÜLLER
capa e ilust. Fernando Bento

Porto, 1962
Livraria Tavares Martins
1.ª edição
16,5 cm x 12,6 cm
260 págs. + 2 folhas em extra-texto
subtítulo: Serpa Pinto e as suas viagens
ilustrado no corpo do texto (a negro) e em separado (a cor)
exemplar estimado; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Capelas Perfeitas


ADOLFO SIMÕES MÜLLER
ilust. Manuel Lapa

Lisboa, 1940
s.i. [ed. Autor]
1.ª edição
24,9 cm x 20 cm
64 págs.
ilustrado a cor
exemplar estimado, pequenas falhas de papel no bordo inferior da lombada; miolo limpo, parcialmente por abrir
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR
45,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Exclusões Sociais



ALFREDO BRUTO DA COSTA
design de Henrique Cayatte (atelier)

Lisboa, 1998
Gradiva / Fundação Mário Soares
1.ª edição
17,9 cm x 11,3 cm
100 págs.
ilustrado
exemplar em bom estado de conservação
valorizado pela dedicatória manuscrita do Autor
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

Tem como objecto este breviário a miséria dos que até a voz reivindicativa lhes foi tirada, o que serve de tema ensaístico para aqueles que tudo têm. O tema é aqui tratado com a minúcia rendilhada de definir o exacto ponto onde se situa a derradeira oportunidade de um indivíduo ser recuperado, ou não, para dentro do mercado de trabalho. Deve ser lido em paralelo com O Horror Económico de Viviane Forrester (trad. Ana Barradas, Terramar, Lisboa, 1997), a fim de se ficar com uma ideia correcta acerca da raiz das ditas “exclusões”.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089