segunda-feira, fevereiro 29, 2016

Oração ao raio... que o parta


JOSÉ DE ANZOES

Porto, 1904
Livraria Santos
2.ª edição
22,7 cm x 17,2 cm
8 págs.
subtítulo: As Orações de Guerra Junqueiro juguladas pela celebre satyra de [...]
exemplar estimado, restauro no canto inferior direito da capa; miolo limpo
ostenta colado no verso da capa o ex-libris de José Coelho
peça de colecção
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Pseudónimo do poeta portuense Manuel de Moura, cuja verrina se fez no convívio com Camilo Castelo Branco, Sampaio Bruno e Basílio Teles (ver Adriano da Guerra Andrade, Dicionário de Pseudónimos e Iniciais de Escritores Portugueses, Biblioteca Nacional, Lisboa, 1999; e Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, vol. II, Publicações Europa-América, Mem Martins, 1990). Fundador do jornal literário Rosicler, esteve também ligado a um outro importante periódico de artes e literatura, A Instrução Moderna. No vertente panfleto poético, as orações de Junqueiro são ferozmente satirizadas.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089