terça-feira, fevereiro 09, 2021

«Aquilo Que É»


JAIME SEMPRUN
GUY DEBORD
GÉRARD LEBOVICI
trad. Miguel Serras Pereira
posf. Eduarda Neves
capa e ilust. Manuel Bptista
grafismo de Paulo da Costa Domingos

Lisboa, 2021
Barco Bêbado
1.ª edição
190 mm x 130 mm
64 págs. + 2 folhas-de-guarda em papel abrasivo
ilustrado
exemplar novo
15,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se de uma breve troca de correspondência entre figuras de proa no Maio de 1968. Jaime Semprun, fingindo não perceber que tinha sido recusado como autor reincidente na editora Champ Libre, e dirigindo-se a Guy Debord, interroga-se: «[…] depois de ter compreendido bem que deixava de ser do número dos teus amigos, deverei doravante compreender que terei de contar-te entre os meus inimigos? […]» Ao que Debord responde: «[…] Vou pois dizer-te muito precisamente aquilo que é, para ti e para qualquer outro que pudesse interessar-se pelo mesmo debate. // Dos quantos delírios de interpretação que me assinalas (e dos quais eu conhecia outros), creio poder dizer-se sobretudo que é um dos numerosos sinais da irrealidade angustiada que a nossa época vive ser certo esse facto de haver tanta gente que sem saber ler se apaixona por uma casa editora. […]» E o responsável pela referida casa editora, Gérard Lebovici, editor da Champ Libre, dá a machadada final em Semprun, mendicante candidato a autor da casa: «[…] o senhor ficou, segundo diz, “alegremente queimado
junto de tudo o que há em Paris como editor utilizável”, mas reconhece que isso não me impõe a obrigação de publicar sempre os seus livros. Pois bem! Digamos que essa possibilidade que generosamente me oferece de não publicar todos os seus escritos, eu a colhi, antes de o senhor ma oferecer; um pouco mais cedo, sem dúvida, do que o por si previsto.»

pedidos para:
pcd.frenesi@gmail.com
telemóvel: 919 746 089